Momento Mãe

  • Acompanhe

Bem-vindo, meu filho!

9 dezembro, 2014, Paula Saretta Momento Mãe 18


Bem-vindo, meu filho!

*POR Paula Saretta

Há pouco mais de um mês, tenho vivido o maior e mais fascinante momento da minha vida: o encontro com meu filho. Não havia ainda compartilhado aqui no blog a gravidez e estava esperando as coisas se acalmarem para conseguir descrever tamanha emoção de ter o Guilherme em meus braços.

Guilherme já nasceu nos ensinando. Já nasceu mostrando que a partir daquele momento não há mais controle, não há mais como prever e planejar tudo. Ele veio para nos dizer que existem outras prioridades, que existem outras emoções, que existem outros modos de viver e de se encantar pela vida todos os dias.

Ao Guilherme,

Filho, apesar de sua mãe estudar desenvolvimento infantil há alguns anos, com você é diferente. Você é único, singular. Estamos nos conhecendo… Aprendo com você todos os dias. Todos os dias você nos mostra o que gosta, como prefere que as coisas sejam, o que lhe incomoda, o que lhe agrada, etc.

E é assim que pretendo sempre olhar e observar você, deixando que você me mostre… Acreditando em sua competência para isso. Pretendo e prometo me esforçar ao máximo para não tirar conclusões precipitadas sobre você.

Estaremos por perto para ouvir e entender suas necessidades. Isso também prometo. Toda vez que precisar de colo, de alguém por perto para sentir-se seguro, estaremos lá. Não tenho medo de você ficar mal acostumado ou muito manhoso. Se isso acontecer, certamente será por insegurança e medo. E aí também teremos que ouvi-lo e rever o modo como estamos nos relacionando. Todos nós. Mas, principalmente nós, os adultos.

Pretendemos viver intensamente cada fase como única e especial ao seu lado. Isso chama-se respeito, filho. Respeito, a meu ver, é ouvir (num sentido amplo) você antes de agir, é conversar com você para que saiba o que está acontecendo ao seu redor desde já. Desde sempre. E sempre.

Tudo é tão novo e estranho, não é?! Sei que quanto mais eu conseguir fazer com que você participe ativamente dos nossos momentos juntos, mais seguro e tranquilo você vai ficar. Sei também que não devo, mesmo que fique com vontade, por pressa ou impaciência, interromper suas incríveis descobertas… Prometo esperar seu tempo. Prometo me esforçar para isso.

Meu papel, filho, além de dar todo meu amor para você, é permitir que você se desenvolva da maneira mais respeitosa, segura, auto-confiante possível. Para isso, meu olhar encorajador e amoroso sempre estarão voltados para você. Reconhecendo seus esforços e suas vontades… Oferecendo espaço para que você se desenvolva… Não só espaço físico para você ter liberdade de movimentos mas, principalmente, espaço emocional para que isso aconteça.

Sei também o quanto meu modo de enxergar o mundo, minhas ações, meus gestos irão influenciar o modo como você está se constituindo e se reconhecendo como um ser humano único e independente de seus pais. Você está se inserindo no mundo com a nossa lente, filho…. E isso nos coloca num enorme e encantador desafio diante da vida. Você não imagina como já está nos ensinando a julgar menos, a falar menos, a amar mais… A olhar o mundo de modo mais feliz e otimista em tão pouco tempo de vida.

Nesta primeira carta pública (já que mesmo antes de engravidar você foi inspiração para outros textos ainda não publicados por aqui…), quero dizer da enorme alegria em ter você em nossas vidas. Somos gratos pela sua vida. Somos gratos por você ter tanta vontade de viver e estar conosco nos trazendo amor e, sobretudo, paz. É tão bom estar em paz com você, por você… É tão bom estar em paz para disponibilizar a minha energia emocional à você.

Já dançamos pela sala algumas vezes, já brincamos, conversamos, choramos juntos… Amamos estar em sua companhia, cuidar de você e embalar seu sono. Estamos prontos para prosseguir com você nessa imensa aventura. Estamos prontos, ou melhor, nos sentimos prontos para tudo que está ainda por vir.

Você é tão querido e amado por todos que estão por perto, filho. Temos tanto amor para lhe oferecer… Que nos parece que este nosso caminho, que ainda mal começou, tem tudo para ser lindo e  encantador, assim como você é para nós.

Obrigada por estar aqui. Seja bem-vindo, meu filho!

De sua mãe, Paula.

08/12/2014.

 __________

*Paula Saretta é psicóloga. Doutora em Educação pela Unicamp. Mestre em Psicologia Escolar pela PUC-Campinas e aperfeiçoada em Queixa Escolar pela USP. Formadora de professores e consultora em Educação e Psicologia. Fundadora do site/blog Ouvindo Crianças.

  • Silvia Maria Fernandes

    Paula, que emoção!!!
    Parabéns por tudo!! Guilherme é uma pessoa de sorte!
    Sinta-se abraçada
    Beijos
    Silvia – Americana

    • http://ouvindocriancas.com.br Paula Saretta

      Muito obrigada querida Silvia!
      Um beijo grande e vamos combinar de nos ver mais este ano no seu espaço!

  • Maria de Fátima Cardoso

    É o milagre da vida!

    • http://ouvindocriancas.com.br Paula Saretta

      É… Fátima! Um sentimento inexplicável! Um beijo

  • Áurea Maria

    Seja bem-vindo Gui! Seja bem-vinda mamãe Paula!
    Chorando e sentindo amor!
    Bjos,
    Áurea Maria

    • http://ouvindocriancas.com.br Paula Saretta

      Oh… Aurinha, você sempre tão delicada e querida, né?! Um beijo enorme e obrigada por ser assim…

  • Alice Bianchini

    Muito bonito!!! Muito emocionante!
    Agora é hora de aliar a teoria à pratica – rs.Bjs

    • http://ouvindocriancas.com.br Paula Saretta

      Alice, que delícia ver seu recado! Muito obrigada! É… Agora vamos ver as teorias todas na prática… rs beijo grande com saudades

  • Karina

    Lindo Paula!!! Bem-vindo Gui! Lindo!!

    • http://ouvindocriancas.com.br Paula Saretta

      Ká, muito obrigada! Ele tem sorte de ter uma tia querida como você! Beijos

  • Liliamar

    Paula:
    Um texto muito significativo. Parabéns, vou acompanhar de pertinho sua aventura no universo materno!Abraço carinho Liliamar

    • http://ouvindocriancas.com.br Paula Saretta

      Liliamar, muito obrigada minha querida parceira! Um beijo carinhoso também

  • Juliana

    Parabéns pela mãe que nasceu junto com o Gui!!
    Vc é especial e ele tem muita sorte em tê-la como “guia” nesta vida!
    Beijos

    • http://ouvindocriancas.com.br Paula Saretta

      Jú, muito obrigada querida! Fiquei emocionada com suas palavras… Beijo grande

  • Cecilia M Aragao Escher

    Parabens Paula, lindo texto!!!
    Bj

    • http://ouvindocriancas.com.br Paula Saretta

      Muito obrigada querida Cecília! Beijos

  • Karina Biasi

    Ah amiga…que emoção! Estava esperando chegar em casa para ler, pois sabia que isso ia acontecer